domingo, 17 de maio de 2009

Magia e Misticismo

CABOCLO 7 PENAS - A REVELAÇÃO

Por acaso eu contei quando numa louca aventura fui correr atrás dos meus sonhos e fantasias, atrás da verdade e da magia?
Peguei a BR 101 e fui embora ate o empalme da BR 230
Daí eu já estava na Paraíba, e fui conhecer a Cidade dos Colibris, visitei a Universidade Federal da Paraíba, conheci as praias maravilhosas do Jardim Oceania.
Achei até que Deus foi muito injusto de dar tanta beleza a esta cidade, tendo outras nos interiores do sertão que nem água tem.
Eu estava a procura dum ser místico, o Caboclo 7 penas, que professava a religião Wicca, se é que se pode chamar de religião.
Disseram-me que este ser, algo sobrenatural, era capaz de levantar até defunto, imagina como eu queria saber de profecias, do meu futuro e mais.
Pergunta aqui, pergunta acolá me mandaram pegar a PB 004 até chegar em Cruz do Espírito Santo.
Um nome bem místico, bem apropriado para o que eu estava procurando.
Muitos kilometros adiante acabei chegando nessa cidade.
Pela fama deste Caboclo, pensei, deve ter uma moradia lindona, cheia de luxos.
Quando achei, depois de muito me informar, vi uma casinha simples de sapé, três cachorros magros não paravam de latir anunciando a minha presença, e pedindo licença me adentrei, a porta estava encostada.
Deparei-me com um ambiente de bruxaria, velas, incensos, pedras, todo que se pode esperar dum místico.
Apareceu o Caboclo, nada de turbante na cabeça nem olhar penetrante.
Veio com tanta simplicidade que não o reconheci na hora e perguntei,
-Cadê o chefe?
-Aqui não tem chefe não meu fii. O que te trouxe aqui, salvação para tua alma ou tua saúde financeira?
Bem, nessa altura, já passado a impressão inicial, lhe disse
–Olha Caboclo, eu queria que o Sr. intercedesse ao meu favor neste mundo, que utilizasse a sua força mística e me desse umas dicas.
–De como ficar rico?
–Exato, o Sr. acertou, valeu. Quero ganhar na loteria com a sua ajuda, ficar muito rico mesmo!!!
–Olha, ele me disse, ao fazer uma magia deves saber que ela voltará três vezes maior.
–Isso mesmo, respondi, quero ficar três vezes rico!!!
-O Sr. tem esse poder né?
Sabe, eu viajei de muito longe para lhe encontrar e agora quero saber da sua força.
Só para lhe testar, seria capaz de me dizer se o homem vai descobrir como todo começou no mundo?
–Sim, ele respondeu, o homem vai saber.
-E quando isto será?
– No preciso momento em que tudo acabar.

Bem, isso me deixou uma grande incógnita, ele estaria certo?

Agora o Sr. pode-se concentrar e me dizer quando vou ganhar na loteria e ficar rico?
-Claro que posso, os meus poderes me permitem vislumbrar qualquer situação futura.
-Então vamos lá, quero começar a sessão e descobrir logo.
-Achas realmente necessário ficar rico?
-Sim, muito necessário.
-A riqueza espiritual não seria suficiente?
-Não, tenho que pagar minhas contas, as dívidas, tudo que comprei ultimamente, como faço para pagar esta moto o Sr. imagina?
-Ela não foi te procurar em casa, tu que foste busca-la.
A maioria das dívidas tu as contraíste por vontade própria, elas não correram atrás de ti.

Aposto até que ele esteja cheio de razão, fiquei confuso com esse tipo de pensamento.
Por isso que me falaram tanto desse sujeito, ele conhece a fundo o pensamento humano.

De pronto esse grande religioso, ou filósofo sentou-se numa almofada no chão, não sem antes acender uns defumadores e pendurar uns patuás no peito.
Tudo estava pronto para esse momento mágico que eu tanto sonhava.
Ele ainda dirigiu-me algumas palavras.
–O Wicca tem uma visão generalizada sobre o mundo, a vida e a morte. Tudo é um ciclo e a morte é um recomeço.
Valorizando a natureza e os seres vivos, entenderás que tudo tem o seu equilíbrio.
E ai perguntei, mas o que significa a tua religião?
– A Wicca te proporciona autoconhecimento e crescimento pessoal e espiritual, me disse.
A minha magia é utilizada para o bem, para a proteção e não para o contrário.
-Sim, lhe disse, e que tem a ver com o meu desejo de ficar rico?
-Estás querendo um dinheiro que não te pertence, que não é destinado a ti.
-Sim, mas eu posso saber se vou ganhar um dia na loteria?
-Posso ler o futuro como te disse e ai te comunicarei.
-Tentei argumentar da necessidade minha, da pressa.
Não adiantava mais nesse momento.
Ele não estava mais ali.
Só seu corpo estava, a sua mente tinha submergido num espaço no além, mistura da fantasia, mágica e espiritismo.
Quando ele voltou em si do transe, piscou os olhos, limpou o suor da testa e estava visivelmente cansado.
Disse-me –Tenho novidades para ti.
Então me diga logo, estou louquinho para saber dessa notícia!!!
-Primeiro terás que escolher se desejas saber mesmo o queres que me cale.
-Não, calar- se por que? Diz-me logo!!!!!
-Só que devo te avisar duma coisa, você vai ganhar muito dinheiro na loteria sim.
Irás ficar enormemente rico do dia pra noite.
Nesse momento eu não agüentava a emoção, esfregando as mãos e visivelmente nervoso insistia
Vai, me conta já!!!
-Tem um porem, uma revelação a te contar.
Antes de te falar que dia será esse, tu vais decidir agora se queres saber.
-Qual é o porem, a revelação? Indaguei
-É que tu vais morrer trinta dias após o acontecimento!
-Meu Deus!!!Essa não!!! Não é possível, e por que, como sabes disso?
-Bem tu querias saber uma verdade, e a verdade estou-te falando.
Assim mesmo queres saber o dia que vais ganhar o prêmio?
-Não, por favor, não me diga mais nada!!!
Acredito que nunca mais vou jogar.
E tomarei cuidado para que ninguém me enfie no bolso um bilhete de loteria.
Fiquei triste, cabisbaixo, ofereci um dinheirinho a ele que ele fez questão de rejeitar, disse que ele não aceitava dinheiro e sim que rezem por ele.
Olhem que personagem que conheci!

Deu-me uma grande lição de vida, por que eu devia ser tão ambicioso?
Por que estaria desejando aquilo que é dos outros e Deus não destinou para mim?
Por que o Caboclo não aceitou dinheiro e sim uma reza por ele?
Descobri que ele cuida mais da alma que do corpo.
A saúde espiritual é a sua preocupação, parece até que não vive numa vida terrena e sim metafísica.
Peguei a minha motoca e voltei pelo mesmo caminho, agora mais aliviado, mais satisfeito.
Acho que ele estava certo, tudo que tenho já é suficiente.
Pelo menos no espiritual, na saúde, no amor à natureza e aos meus semelhantes.
Valeu a intenção mesmo assim.
Fiquei realmente feliz e realizado.
Teve que ir tão longe para me encontrar eu mesmo, aqui, dentro de mim.
Valeu Caboclo 7 Penas!!!

9 comentários:

b disse...

Se essa história é real ou não, tá no destino das pessoas ficar rico, isto quando não está no berço.
Tenho um amigo que nasceu no seio de uma das famílias mais ricas do Rio de Janeiro, conhecidíssima e não digo o sobrenome por respeito.
Estudou na Inglaterra, fala 5 idiomas, é um poço de cultura.
Nas andanças pela vida perdeu-se.
Morou durante 8 anos num abrigo aqui na cidade . Hoje está internado, quase terminal.
Mas , em dezembro ele escreveu uma oração enorme , com inspiração na fé vinda do Tibet , oração linda onde demonstrava que, apesar de ter se perdido na vida, perdeu-se apenas para nossos padrões.
Destino.
Fatos de uma vida que precisou passar por tanta humilhação para buscar sua espiritualidade.
Para você ter uma idéia, agora que está terminal é que o irmão rico veio tratar de internação.
Prá você ter outra idéia, a festa de lançamento da novela Caminho das Índias, foi realizada na casa que foi da família dele - hoje pertencente ao grupo da Globo.
Prá você ter outra idéia, este homem, purificou , e deixa prá mim a certeza de que não somos o que somos , somos o que nos fazemos ser.
Viva o caboclo 7 penas e se você quer saber da fé Wica, pesquise no google.
Não combina muito com caboclo, caboclos são índios e a fé Wica vem da Inglaterra, Irlanda, por aí, mas vai pesquisar.
Gostei. Acenda uma vela verde pros caboclos.

Enrique Andres disse...

Bárbara, querida amiga. Vc é uma pessoa sempre especial e bem vinda.
Agradeço muitíssimo o teu comentário, rico e de conteudo.
E como disse na minha apresentação, e repito, venha-me ensinar, me ilumine e enriqueza.
Adoro aprender mais ainda com quem é mestra na arte de ensinar.
Um beijo.

Enio, do "PTrem das Treze" disse...

Querido Enrique

Não é preciso ser mago ou saber de misticismo para entender de onde veio a tua alma.
Ela não veio e ela não vai, ela está !!!
Está e estará para sempre juntada às nossas outras todas numa grande corrente de sentida e consentida profunda amizade.
Bem vindo à "blogosfera".
O "Guerreiro do Asfalto" será imprescindível para justificarmos a nossa existência, que é o constante e infinito aprendizado.
Aqui quem aprende somos todos nós, os teus admiradores por tua obra e por tua graça !!!

VIVA !!!

P.S. O teu blog já está linkado no meu.

SIMEI DE ALMEIDA disse...

Grande Guerreiro do Asfalto!

Meu querido amigo, grande suas escritas, gosto do jeito que você transmite o que você quer falar. É uma riqueza.

Meu amigo, tenho um pé fora de qualquer rezador ou curandeiros.... são uns espertos, eles não tem resposta para o que foi indagado e coloca condições contrangedoras a sua clientela porque sabe que não vão conseguir realizar o pedido.

Mas é rica sua crônica, gosto de ler estas criações, e você tem um jeitinho bem especial de colocar ao seu leitor o que você quer dizer.

Abração e sucesso.

uai, mundo? disse...

Ê meu caro, bem vindo a esse mundo de cabelos ao vento através do teclado. Tô gostando demais do blog. Depois vou percorrer com mais vagar, cada canto desse belo espaço. Um grande abraço, paz e bem.
Cacá

Aliz - jornALIZta disse...

Falta eu!
Enriqueto, é muito bom poder encontrar você em mais um ponto da internet. Há muito de nós oculto no que escrevemos, por isso é um prazer desbravar a alma dos amigos por meio da leitura livre que um blog proporciona. Obrigada por se dispor a dividir com a gente a pureza do seu ser.

Beijos e muito sucesso e felicidade!

Florynar Dickel disse...

Muito interessante essa história, faz a pessoa pensar sobre a própria existência.

Enrique Andres disse...

Aos amigos que me acompanham em seus comentários, sou grato.
Não existe o mérito sem um reconhecimento.
É a consideração, é o aplauso que estimula nossa criatividade a suscitar novas energias.
É o carinho dos amigos que sustenta nosso sentimento, sempre em atividade.
Obrigado Aliz, e obrigado Florynar.
Vocês foram muito gentis.

Anônimo disse...

Bom acho que já foi dito tudo!
Adoro !

Meu cartão

Quem sou eu

Minha foto
Alguns me acham diferente, tal vez porque não frequento igrejas, me comunico direto com Deus. Outros afirmam que tenho muita beleza, interna claro. Baixo colesterol, alta testosterona, pressão normal, coração a mil, sempre pronto para amar, dosse altas de carinho, uma alma receptiva e nobres sentimentos.Que beleza!!! E vocês ainda querem que eu seja bonito? Mas que covardia. Sou pelo menos "interessante" Como broche de ouro, a minha mania de fazer amigos, com pessoas simples, assim como você e outros tantos que alimetam os meus sonhos, o meu ego, compartilham os meus momentos, me fazem rir e até chorar. E nesta troca de sentimentos desfrutamos juntos as nossas emoções que é o alimento de nossa vida espiritual. Agradeço a sua visita, a sua companhia. Leiame e por favor......me ensine algo, enriqueza a minha vida, adoro muito aprender. Bem vindos aqueles que sabem conjugar em todos os tempos o verbo "AMAR"

Paradas legais

Seguidores