segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Andanças do tio Palermo

Meu tio Palermo, nunca na vida deu uma dentro, só fracassos que ia acumulando durante sua vida.
Tal vez a sua falta de atenção, ou vida desregrada lhe fazia cometer um incidente após o outro.
Tem pessoas que não só levantam com o pé esquerdo, já nascem com ele na frente.
O tio tinha arrumado um emprego nessas torres gigantes de construção, um guincho.
Ele o dirigia a 30 metros de altura, algo considerável para subir todos os dias.
Aconteceu numa quarta feira, ele estava reunido com amigos no restaurante do bairro, festejando a proximidade das festas e não percebeu que se atolou numa feijoada bem gordurosa, e repetiu o prato, sempre acompanhado das caipirinhas de limão.
Quando acabou a comilança, estava na hora de subir na torre de ferro.
Devagarzinho ele consegue subir, demorando mais do que outras vezes.
Estando lá encima, ao pouco tempo começa a escutar um ronco, era a queixa do seu estômago pelo abuso cometido.
Ele pensou, se ficar só nisso, tudo bem.
Mas que nada, a turbulência intestinal aumentou a um ponto que não deu para agüentar mais.
Ele ficou sem destino, sem futuro. Se ficava lá encima tinha que expelir toda essa sua obra lá de cima pra baixo mesmo, lá não tinha banheiro.
Pra descer não dava, nem poderia arriscar de acontecer o pior no meio da escada.
Sem pensar duas vezes abaixou as calças e mandou ver.
Estava preocupado com o que aconteceria lá embaixo, mas pensou, depois explico, tomara que não acerte ninguém.
Só que, o que estava rolando lá embaixo nessa mesma hora o coitado do tio Palermo não sabia.
Justamente nesse dia estava de visita de cortesia o presidente da construtora com a sua esposa e a filhinha de dez anos.
Ele era nada menos que o duque Fritz Shogrout o maior construtor de Berlin ocidental, homem de muito sucesso.
Casado com a duquesa Helga Von Stahen, a principal dama da sociedade alemã.
E para completar o azar do tio, que pobre é tão azarado que quando compra uma bacia de laranjas na feira, a metade já vem estragada.
Quando sai sem chapéu na rua, a mesma pomba defeca duas vezes na cabeça dele.
Aconteceu o pior, pedaços da tapagem do tio, aquela suja estrumeira começo cair na hora da família passar em baixo da cabine da torre.
Aquela coisa em queda livre cai a 120 kmts. por hora, uma barbaridade.
E acabou uma parte se estatelando na testa justo de quem?
Sim do duque Fritz.
Outra parte da asquerosa borrada foi parar no chapéu de gala da duquesa Helga.
A mais beneficiada, ou menos prejudicada foi à filha que só pegou uma ducha do fedentino líquido amarelado que o tio aproveitou e soltou mesmo.
A menina chegou no pai, -Olha papi, está chovendo um fedor danado!!!
O duque Fritz chamou de imediato o responsável:
- HER SILVA!!!!! VENHA AQUI!!!!
O que é ista Her Silva???
-Oh excelentíssimo duque, pela cor não é nada bom não.
-E pela cheiro, o que é que é ista??
-Pelo cheiro isto é cocô.
-O que significa ista Her Silva, cai cocô do céu??
-Bem ai não sei seu duque, a sua cara está deplorável.
-Meu esposa está pior!!!!
Olha a chapéu dela cheia de dreck!!!!
Meu filha molhada de dejetos!!!
Isto é INCONCEBIVEL HER SILVA!!!!
Quem a responsável por essa shit todo?
Isto não ser Strudel não, é titica mesmo!!!!
Se acontecer isto no Alemanha, nos fuzilamos!!!
-Calma seu duque vou descobrir já se foi algum urubu passando por ai ou tem outro responsável.
O seu Silva já sabia de antemão que nuvens pretas não fazem cocô, nem era obra de passarinhos.
Então pegou o interfone e ligou para o tio.
-Oh seu Palermo!!!!! Aqui o Silva.
-Pois não chefe, pode falar!!!
-Vc soltou alguma porcaria ai de cima?
-Há sim espero que não tenha incomodado ninguém, me desculpa, é que esqueci o penico.
-Seu imbecil, vc fez a maior merda de sua vida!!!
-Sim, eu sei disso foi a feijoada sabe chefinho, eu lamento
-Espera um pouco, me dá essa telefona aqui, olá sua imundo!!!
-Quem está falando?
-Aqui a sua patrão duque Fritz Shougrout sua porco!!!!
-Olá seu chucrute, tudo legalzinho ai amizade?
-Nada legal, vc está despedida, homem morto, nunca mais trabalhar para empresa alguma!!!
Vai acabar vendendo bala no esquina sua idiota!!!!
Desligou o interfone e selou o futuro do tio.
Caracas, ele desceu e já foi demitido, sorte que ainda não foi preso na hora.
Tal vez não encontrariam uma lei justa pra julgar essa atrocidade.
Depois de algumas higienizadas o duque se despediu friamente do encarregado
-Aufirenzem Her Silva!!!
-Adeus, igualmente para vcs...........

Por isso digo gente, pobre não tem vez na vida.
Nem descansa depois de morto, sei que os enterram de pé para ocupar menos espaço.
E nem ganham placa de bronze da família, só um número.
Agora o tio aprendeu a lição, sai a procurar emprego com duas bolsinhas, uma vai a marmita, na outra o seu penico.
Enrique Andres

2 comentários:

Aliz - jornALIZta disse...

Caramba Enriqueto, que meleca o seu tio Palermo fez...rs.
Você é um contista nato, deveria viver disso, sabia?
Vou ler mais histórias do seu blog.

Besitos

Aliz - jornALIZta disse...

Esse blog está desatualizado. Cadê você, Enriqueto???
Traz os contos e as crônicas que publica no Boteco pra cá, mais pessoas precisam conhecer esse seu dom e essa sua incrível imaginação.

Besitos

Meu cartão

Quem sou eu

Minha foto
Alguns me acham diferente, tal vez porque não frequento igrejas, me comunico direto com Deus. Outros afirmam que tenho muita beleza, interna claro. Baixo colesterol, alta testosterona, pressão normal, coração a mil, sempre pronto para amar, dosse altas de carinho, uma alma receptiva e nobres sentimentos.Que beleza!!! E vocês ainda querem que eu seja bonito? Mas que covardia. Sou pelo menos "interessante" Como broche de ouro, a minha mania de fazer amigos, com pessoas simples, assim como você e outros tantos que alimetam os meus sonhos, o meu ego, compartilham os meus momentos, me fazem rir e até chorar. E nesta troca de sentimentos desfrutamos juntos as nossas emoções que é o alimento de nossa vida espiritual. Agradeço a sua visita, a sua companhia. Leiame e por favor......me ensine algo, enriqueza a minha vida, adoro muito aprender. Bem vindos aqueles que sabem conjugar em todos os tempos o verbo "AMAR"

Paradas legais

Seguidores