quarta-feira, 15 de julho de 2009

15 de Julho - Dia do Homem

Acho meio estranho de se comemorar, estamos acostumados por tradição a homenagear as mulheres, tanto em referência às suas virtudes, modos e jeitos que tanto nos agradam como uma manifestação de carinho que todo homem sente por elas.
No meu parecer, tal vez algo machista, prefiro comemorar o dia delas a ser comemorado.
Ou será que estamos comemorando nosso dia para protestar contra o avanço da superioridade feminina em cima de nós machos?
Estará a espécie masculina em crise, decadência ou extinção?
Porque elas nos igualaram no trabalho, na política e em diversas funções, inclusive na capacidade diária de trabalho no seu computo horário, em horas trabalhadas.
Então tal vez estejamos dando os primeiros e tímidos passos em protesto contra nossa humilhante situação de estarmos sendo passados para um segundo plano.

Durante milênios, a mulher como todos sabem foi subjugada pelos homens, e ainda continua semi escrava em certos lugares e certas religiões.
Em nosso mundo ocidental, ela reivindicou os seus direitos, os conquistou e agora me pergunto, será que o Altíssimo planejou tudo isto com plena consciência dos fatos?
Ao retira-la de nossa costela ele pensou nas vindouras conseqüências?
Será que Ele foi o suficiente justo e misericordioso com esta classe humana dos “machos”?
E que nós aceitaremos de bom agrado reconhecer elas como seres superiores?

É a revanche, elas estão descontando anos de penúria e decidiram simplesmente nos ultrapassar.
O futuro será feminino.
A ciência já descobriu que mulher pode gerar outro ser sem necessidade do sexo masculino.
Li alguma coisa a esse respeito.
Então pergunto, para que elas vão querer nós homens no futuro?
Perderemos a nossa maior função em breve, a de procriar, evidentemente que seremos dispensados em massa.

Tudo já começou, temos várias presidentes mulheres.
Não podemos nem sabemos nem queremos gerar vida.
Elas têm uma vida mais longa e produtiva.
Temos até o Dia dos Homens para lembrarmos que essa raça ainda existe.
É o caos para nós, num breve futuro seremos extintos por tornarmos desnecessários.

Quem mandou ficarmos tomando cervejinha e assistindo o jogo enquanto as sofridas companheiras ficam torcendo roupa, lavando, passando, alimentando as crias.
Sem tempo para elas se arrumarem, e por isso nós ficamos de olho na vizinha, na secretária, na cunhada.
Não colaboramos o suficiente, nos tornamos uma carga inútil.
E em breve seremos jogados fora que nem naipe de baralho.
Ou tal vez vamos assistir a supremacia feminina de bico calado.
Porque elas nunca nos eliminariam de vez.
É melhor pra elas ficarmos vivos para reconhecer o seu desempenho e a nossa transformação em seres submissos e obedientes.
Sem criar uma previsão sinistra, apocalíptica ou sensacionalista, acho que a hora da redenção chegou para elas.
É a virada do disco, à volta sem regresso, o novo tempo das fémalas, o cabedal conquistado com suor, sangue e lágrimas na nova era das poderosas, das tudonas, das lindonas.

O que será de nós pobres machos pisoteados, ultrajados, desprezados, encostados como o velho ferro a carvão?
Iremos criar um terceiro sexo para sermos aceitos?
Não, ele já existe, até quarto e mais além.
Uma transformação cirúrgica?
É muito doloroso.
Acredito que devamos começar a substituir as nossas cervejinhas por hormônios femininos.
Quem sabe passemos desapercebidos e assim aceitos nessa futura dinastia das mulheres.

Com a palavra, as bonitinhas!!

Um comentário:

Aliz - jornALIZta disse...

Enriqueto, não diga isso!
Vou repetir aqui o que te disse lá no Boteco, tá bom? Lá vai:

Enriqueto, não seja tão duro com sua própria raça.
É verdade que a mulher, depois de tanta dominação e sofrimento, resolveu dar a volta por cima e tomar a dianteira das coisas, mas tem algumas características nossas que não mudam nunca, como o romantismo, o sentimentalismo.
O ideal do mundo é que entremos num estado de harmonia tal que convivamos naturalmente, sem disputa e nemdominação, homens e mulheres felizes pelo simples fato de existirem.

Um mundo só de mulheres seria insuportável. Eu, por exemplo, tenho muito mais amigos homens do que mulheres, e é simplesmente delicioso ter amigos homens. Vocês são mais diretos, mais práticos e até mais verdadeiros, porque mulheres entre si perdem tempo demais disputando, fazendo média, usando de falsidade umas com as outras. A amizade com homens é algo muito natural e prazeroso pra nós. Aqui mesmo no trabalho, eu acredito que a maior dificuldade está no fato de sermos todas mulheres. Falta a presença masculina pra dosar, dividir um pouco esse excesso de insegurança e frescura e pra ivertir também. Entre mulheres o ambiente é muito pesado e difícil, acredite.

Além do mais, eu postei ontem no meu blog uma visão diferente de vocês, mais romântica, justamente para homenageá-los. Os homens de hoje estão melhores, mais conscientes, solidários e menos dominadores. Há um longo caminho a se percorrer ainda, pra que deixem de nos ver como empregadas domésticas, criadeiras e depósitos de esperma ambulantes, é verdade, mas eu sinto que já tem melhorado bastante. É pena que os homens estejam perdendo suas características mais simples, mais masculinas, como o cavalheirismo e o galanteio, como desculpa pela independência feminina e também por perversão, já que a cada dia descorimos uma variação diferente de "homem" no mundo. Mas em seu estado natural, com suas características sem sofrer invencionices modernas exageradas, vocês são apaixonantes e os únicos capazes de alimentar nosso ego e nos fazer sentir mulheres mesmo.

Leia lá no meu blog, é pra todos vocês.

Beijinhos

Meu cartão

Quem sou eu

Minha foto
Alguns me acham diferente, tal vez porque não frequento igrejas, me comunico direto com Deus. Outros afirmam que tenho muita beleza, interna claro. Baixo colesterol, alta testosterona, pressão normal, coração a mil, sempre pronto para amar, dosse altas de carinho, uma alma receptiva e nobres sentimentos.Que beleza!!! E vocês ainda querem que eu seja bonito? Mas que covardia. Sou pelo menos "interessante" Como broche de ouro, a minha mania de fazer amigos, com pessoas simples, assim como você e outros tantos que alimetam os meus sonhos, o meu ego, compartilham os meus momentos, me fazem rir e até chorar. E nesta troca de sentimentos desfrutamos juntos as nossas emoções que é o alimento de nossa vida espiritual. Agradeço a sua visita, a sua companhia. Leiame e por favor......me ensine algo, enriqueza a minha vida, adoro muito aprender. Bem vindos aqueles que sabem conjugar em todos os tempos o verbo "AMAR"

Paradas legais

Seguidores